quarta-feira, 4 de agosto de 2010

Soneto triste

Nunca tive amizade
Nem vivi um romance
Desconheço felicidade
E o amor, fora de alcance

Sofria em desengano
Mas você apareceu
Fiz um grande plano
Queria ser só seu

Foi um tantão de alegria
Só pensava em você
Dia e noite, noite e dia

Acabou, foi embora
E num sei o que fazê
Com este imenso amor que sinto por você

***


Cadelão - 28/09/2009

Um comentário:

  1. Agora temos Cadelão online! que bom, desapego da obra, a gente gosta.

    ResponderExcluir